como organizar sua vida financeira

Como organizar sua vida financeira: veja o passo a passo

Saber como organizar sua vida financeira traz muitas vantagens. Isso porque você paga menos juros, tem menos stress e acaba passando menos tempo em problemas financeiros.

A questão é que, para muitas pessoas, essa é uma tarefa difícil. Contas da casa, cartão de crédito, financiamentos, impostos e dívidas. Assim, com o tempo, muitos perdem o controle.

Finanças descontroladas são terríveis, pois limitam os objetivos em outras áreas da vida. Como evoluir no emprego, se não tem dinheiro para fazer curso? Como presentear os filhos, se está com dívidas?

Portanto, neste texto iremos dar algumas dicas que podem ajudar a não perder, ou a recuperar, o controle do seu dinheiro. Nós também iremos indicar onde buscar mais informações, para que você possa explorar cada dica mais detalhadamente.

Leia também: 6 ideias para ganhar dinheiro rápido e honesto em 2021

Confira 5 passos de como organizar sua vida financeira

Passo 1: controle todas as informações

Saber o tamanho das dívidas pode preocupar, mas não saber gera desespero. Então, a melhor opção é juntar todas as informações. Todos os gastos, assim como todas as receitas. É importante calcular também todos os juros de todas as dívidas. Por tudo na ponta do lápis ou de uma planilha para controle financeiro.

Aproveite a oportunidade

💳 O BTG+ oferece benefícios e experiências únicas para quem quer um cartão cartão de crédito sem anuidade e que entende suas necessidades.

Solicite seu cartão!

Se você acaba de começar sua vida financeira, criar uma planilha e ir colocando as informações vai ser simples. O importante é se manter na linha e não perder o controle.

A situação é mais difícil para quem já tem uma trajetória mais longa. Além de ser maior a quantidade de informações, o custo psicológico também é maior. No entanto, sem enfrentar esse medo, não tem como organizar sua vida financeira.

A partir dessas informações você pode sair dessa situação de stress em direção aos seus objetivos.

Passo 2: faça um planejamento

Agora que você tem todas as informações sobre sua vida financeira, faça uma profunda análise dela. Quais os maiores gastos? Quais dívidas cobram mais juros? Qual dinheiro está sendo mal gasto? Isso tudo é importante para saber como organizar sua vida financeira.

Com essa análise em mãos, você pode traçar seus objetivos, isto é: aquilo que você quer alcançar. Pode ser acumular determinado montante para investir em algo, pode ser sair do vermelho ou qualquer outra coisa relativa a dinheiro. O importante é ter algo em mente, caso contrário você não terá motivação para poupar.

Ele também irá te ajudar a definir prioridades, o que pode e o que não pode ser cortado. Um exemplo simples: se seu objetivo é abrir um negócio, não será da faculdade de administração que você irá cortar.

Aproveite a oportunidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, com limite de até 7 mil reais e que aprova na hora: abra uma conta gratuita no Banco Pan!

Agora que você tem um objetivo, trace metas. Você pode se perguntar: “mas qual a diferença entre os dois?”. É uma dúvida comum, porque os conceitos são parecidos. Metas tem data para acontecer e são mais específicas que o objetivo. Elas são como os degraus de uma escada, que levam a um destino – que é o objetivo.

Mas como traçar as metas? Quais metas são possíveis para acumular dinheiro? É o que vamos explicar nos próximos passos!

Passo 3: limite seus gastos

Para uma vida financeira saudável, o quanto você ganha determina seu estilo de vida. Pode parecer óbvio, mas é uma realidade às vezes difícil de aceitar. Sim, com inteligência veremos que se pode consumir mais com menos dinheiro. Porém, no limite, a realidade é bem simples: se você quer acumular, não gaste.

Quem seguiu os passos um e dois acima vai ter um objetivo e vai saber exatamente onde tem gastado. Assim, você pode fixar prioridades para quais gastos são necessários. Se estamos falando das contas de uma casa, talvez seja o momento de unir a família para acertar com o que o dinheiro será gasto. Para quem é casado, é muito importante saber como controlar a vida financeira do casal.

Geralmente, saúde, transporte, alimentação e educação serão os gastos mais necessários. No entanto, é preciso considerar o “fator humano” – às vezes um pouco de lazer é necessário, para não enlouquecer. O importante é tentar acumular dinheiro todo mês.

Passo 4: lidando com dívidas

Dívidas são um grande problema. Além de seu próprio valor, os juros correndo multiplicam os gastos – e o stress. Assim, elaborar estratégias de sobrevivência é parte de como organizar sua vida financeira.

Continua após a publicidade

Primeiro, é possível renegociar as dívidas. Seus credores preferem que você quite a dívida – e talvez abatam uma parte dela para garantir isso. Procure o banco, instituição financeira ou qualquer que seja seu credor e faça uma proposta!

Outra alternativa são os empréstimos. Se sua dívida tem juros altos, como o do cheque especial, pegar um empréstimo em juros mais baixos pode ajudar.

Veja também: Como fazer o dinheiro render? Descubra em detalhes aqui

Passo 5: prepare-se para imprevistos

A vida nem sempre é previsível. Então, poupe uma parte de seu dinheiro para gastos que você não pode prever, como acidentes ou qualquer tipo de emergência. É claro que nem sempre isso será possível, ou só será de forma limitada. Aí vai da avaliação que você fez a partir dos primeiros passos.

Dessa forma, você já sabe o mínimo sobre como organizar sua vida financeira. Isso não é uma tarefa sempre fácil mas, quando você consegue, outras oportunidades se abrem, como os investimentos.

Se você quer ter ainda mais informações sobre o mundo financeiro e formas de ganhar dinheiro, então continue acompanhando o blog. Aqui postamos todas as semanas as últimas novidades do mercado, fornecendo soluções para problemas que você pode encontrar no seu cotidiano.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
empréstimo pessoal na hora

Empréstimo pessoal na hora: entenda!

Próximo
renegociação de dívidas

Renegociação de dívidas: como sair do vermelho

Posts Relacionados
Total
0
Share