Renegociação de dívidas: como sair do vermelho

renegociação de dívidas

Quando se tem uma vida financeira ativa, principalmente na crise, em algum momento contrai dívidas. Porém, nem todo mundo sabe a melhor forma de lidar com elas, gerando uma série de problemas. A renegociação das dívidas, por exemplo, é uma alternativa para quem quer melhorar sua saúde financeira.

Dívidas se acumulam, têm juros, tendem a ficar ainda maiores se ignoradas. Não é difícil perder o controle e se desesperar. O que muitos não entendem, é que os credores não têm interesse na inadimplência. Em outros casos, você pode simplesmente trocar de credores, através de um empréstimo ou outra operação.

Dessa forma, é possível negociar uma saída. Se você quer saber como, siga lendo que iremos mostrar alguns caminhos!

Saiba mais: Empréstimo pessoal para negativado: 3 entidades que oferecem

Como saber se tenho dívidas?

Continua após a publicidade

Nem sempre você sabe se tem dívidas ou todas as dívidas que tem. Como descobrir?

É mais simples do que se pode ter imaginar. Consultando o CPF no Serasa Limpa Nome, você descobre todas as suas dívidas. É preciso criar uma conta no Serasa, mas isso pode ser feito gratuita e rapidamente.

Isso é bastante importante para os próximos passos, pois é preciso estabelecer prioridades e, para isso, é necessário ter todas as informações reunidas.

Pronto, agora você sabe quantas e quais suas dívidas! Podemos, então, ir para os próximos passos.

Veja como fazer uma boa renegociação de dívidas

Negociando suas dívidas

Coloque tudo na ponta do lápis – ou de uma planilha eletrônica. Controle das informações é o começo, meio e fim desse processo.

Com tudo em mãos, é hora de pensar sua oferta no processo de negociação, a partir da sua realidade. Assim, é preciso pensar quanto você pode pagar, em quantas vezes, com quais juros. Leve em conta imprevistos, afinal nem tudo sai como combinado e é sempre bom ter uma reserva para emergências.

Você pode renegociar as dívidas no próprio site do Serasa Limpa Nome. Ao visualizar sua dívida, clique na opção “Ver oferta”. Ali, vão aparecer algumas opções. Selecione a melhor para você.

Aqui no site, nós temos um artigo sobre o Feirão Limpa Nome Serasa, que proporciona renegociação de dívidas com até 90% de desconto. Por conta da pandemia, o Feirão esse ano é online, proporcionando ainda mais praticidade.

Aproveite a oportunidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta BV gratuita!

Continua após a publicidade

Caso não tenha dinheiro mesmo para as melhores ofertas, existem algumas opções que você pode seguir.

Empréstimos pessoais como renegociação de dívidas

Uma das alternativas para diminuir as dívidas são os empréstimos. Você pode se perguntar: isso não é só trocar uma dívida por outra? A resposta é que, sim, é trocar uma dívida por outra. Porém, não é só o valor bruto da dívida que entra na equação: é preciso considerar os juros.

Pegando um empréstimo em alguma instituição financeira, você pode trocar uma dívida com valores de juros muito altos, por uma com valores menores. Assim, no fim das contas, o que se paga no final é menos do que a dívida original.

Caso, ainda assim, as parcelas fiquem pesadas no seu orçamento e você tenha cortado todos os gastos possíveis, é preciso pensar em como aumentar suas receitas.

Cuidados a tomar na renegociação de dívidas

Pessoas em processo de renegociação de dívidas estão, frequentemente, aflitas. Não faltam mal-intencionados para aplicar golpes se aproveitando disso. No caso do Serasa, o contato por Whatsapp possui um selo de autenticidade – portanto qualquer número sem ele é suspeito.

Quando estiver tratando qualquer assunto pela internet, certifique-se de que se trata de uma instituição financeira conhecida, que o site é legítimo. Então, não entre em domínios estranhos e procure não passar dados pessoais e senhas quando não tiver certeza de com quem está falando.

Leia mais: Como funciona o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

Evitando novas dívidas

Continua após a publicidade

Ao negociar suas dívidas você está um passo à frente na direção da saúde financeira, mas ainda pode melhorar. Alguns cuidados podem ajudar muito a não fazer mais dívidas.

Controle as informações sobre a entrada e saída de dinheiro todo mês. Isso pode ser feito com um caderno, ou mesmo uma planilha digital. O importante é que você saiba quanto ganha e gasta. Dessa forma, você tem controle o suficiente para garantir que ficará no positivo.

Estabeleça prioridades e corte gastos desnecessários. É bom ter metas, como coisas que você quer comprar, ou dinheiro para investir. Isso porque essas metas vão te motivar a fazer poupança. Além disso, guarde um pouco do orçamento mensal para um fundo em casos de emergências.

Tomando estes cuidados, é provável que você não precise mais recorrer à renegociação de dívidas. Nunca se sabe como as coisas vão acontecer, mas alguns aspectos da vida são possíveis de ter um mínimo de controle. As finanças pessoais podem ser um deles.

Uma boa alternativa para se manter no controle é acompanhar as novidades do mundo financeiro. Aqui no blog nós postamos toda semana dicas sobre como lidar com o dinheiro, como ganhar mais e gastar menos mantendo a qualidade de vida. Continue nos acompanhando para mais informações e dicas!

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
como organizar sua vida financeira

Como organizar sua vida financeira: veja o passo a passo

Próximo
confissão de dívida

Termo de confissão de dívida: como elaborar

Posts Relacionados
Total
0
Share