Onde investir meu dinheiro para render mais? Aprenda aqui

onde investir meu dinheiro

As pessoas têm procurado fazer mais investimentos, principalmente por conta do cenário econômico instável ou pela necessidade de ter uma renda no futuro. Porém, nem todos sabem onde investir o dinheiro para render mais.

A boa notícia é que opção não falta, independentemente do seu perfil. E o mais legal: não precisa ter muita grana para entrar no mundo dos investimentos. Segundo uma pesquisa da Anbima, 48% dos investidores brasileiros são de classe média. Ou seja, investimento não é só para quem é rico.

Mas, se a pergunta que não sai da sua cabeça é “onde investir meu dinheiro” e quais as melhores opções para ele render mais, segue lendo nosso guia.

Veja também: Onde investir 10 mil reais: saiba como fazer seu dinheiro render

Onde investir meu dinheiro: o que você precisa saber antes

Lidar com dinheiro exige parcimônia e você precisa ter claro todos os pormenores que compõem o cenário. Primeiro de tudo, vamos repetir o que dissemos ali no início: não é necessário ser rico para conseguir fazer a aplicação. No entanto, é claro que quanto mais dinheiro, maior o retorno.

Você pode começar por baixo, aplicando em quantias pequenas. Aí entra uma série de questões que devem ser respondidas.

Por exemplo, qual o seu objetivo ao investir? Dependendo da sua resposta, uma aplicação pode ser mais interessante que outra, pois as taxas e a rentabilidade variam.  

O que já podemos adiantar é: não vale mais a pena deixar seu dinheiro na poupança. Isso porque ela traz muito pouca rentabilidade, normalmente até abaixo da inflação. Sendo assim, vamos te falar de outras opções.

Layout

Aprenda a investir agora!

Conheça o nosso simulador de investimento e faça escolhas inteligentes.

Simular agora
Layout

Aprenda a investir agora!

Conheça o nosso simulador de investimento e faça escolhas inteligentes.

Termos para ficar de olho

  • Renda Fixa: os investimentos em renda fixa possuem um retorno pré-determinado, independentemente das condições do mercado. São aplicações em títulos públicos ou privados com um retorno certo; 
  • Renda Variável: a renda variável também acontece em títulos públicos ou privados. Porém, o investimento varia conforme as condições do mercado. Se o cenário estiver positivo, pode ganhar ainda mais, se for negativo, pode gerar prejuízos;
  • Fundo Garantidor de Créditos (FGC): trata-se de uma entidade com a função de proteger os investidores. Se um banco quebrar, por exemplo, o FGC garante a devolução de até R$250 mil dos valores investidos.

Onde investir meu dinheiro: confira as 5 melhores opções

1. Tesouro Direto

Ao investir no Tesouro Direto, a pessoa empresta dinheiro ao Governo Federal para desenvolver obras de infraestrutura ou aquisições de equipamentos, por exemplo.

O dinheiro aplicado é devolvido em uma data já combinada e com um percentual fixo de juros. Logo, você sabe quando receberá o montante de volta e quanto o processo vai render de dinheiro.

O mínimo para investir é R$ 30 e existe pouco risco de prejuízo, é um processo extremamente seguro. Ainda assim, a ação é tributada pelo Imposto de Renda (IR).

Indicamos o Tesouro Direto para quem precisa fazer uma reserva de emergência, guardar dinheiro para uma viagem ou trocar de carro, dependendo da opção escolhida na hora da aplicação.

2. Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Assim como o anterior, o CDB é um título de renda fixa, mas com aplicações em bancos e instituições financeiras. Na prática, você coloca uma quantia num banco e ele utiliza o valor para custear suas atividades.

Trata-se de uma boa opção por render bastante, se comparada à poupança, por exemplo. Só para você ter uma ideia, o rendimento do CDB pode alcançar os 120% do CDI e o cliente consegue optar por uma liquidez diária ou um plano de longo prazo.

Apesar de tributado pelo Imposto de Renda, o CDB conta com outro benefício: a garantia do FGC.

3. Letras de Crédito Imobiliário (LCI)

Como o próprio nome indica, as LCI são aplicações diretamente ligadas ao mercado imobiliário brasileiro. De cara, uma das vantagens é a presença do FGC, o que te garante mais segurança se a instituição tiver problemas financeiros.

Nesse sentido, a alternativa é extremamente segura e possui isenção do Imposto de Renda, devido a um incentivo governamental. Porém, a rentabilidade é menor se comparada aos títulos do Tesouro Direto, por exemplo.

4. Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)

A LCA é irmã da LCI e carrega as mesmas qualidades e defeitos. Possui isenção da cobrança do IR e conta com a garantia do FGC. É igualmente uma possibilidade para o investidor iniciante e com perfil mais conservador.

A diferença para a anterior é no setor: enquanto a primeira ocorre no mercado imobiliário, a LCA desenvolve suas ações para impulsionar o agronegócio brasileiro.

5. Ações

Indo para o campo da renda variável, chegamos nas ações. Talvez seja o modelo mais conhecido quando o assunto é investimento, apesar de não ser a primeira opção dos usuários iniciantes.

Layout

Sonhando com a casa ideal?

Use nosso simulador para encontrar o melhor financiamento.

Simular agora
Layout

Sonhando com a casa ideal?

Use nosso simulador para encontrar o melhor financiamento.

As ações ocorrem por meio da Bolsa de Valores e podem ser definidas como uma parcela do capital de uma empresa. Ao comprar as ações de um empreendimento, você se torna sócio da companhia (geralmente com porcentagem baixa), e tem direito a uma parte dos lucros obtidos.

Os movimentos do mercado definem o quanto você ganha. Se a empresa está lucrando e com bons índices econômicos, a rentabilidade poderá ser positiva. Mas conforme o cenário muda, altera também o quanto o acionista consegue lucrar.

Conheça ainda mais sobre o mercado financeiro

Agora, ao se perguntar “onde investir meu dinheiro”, terá uma noção melhor de como funciona o mundo das aplicações. Com o nosso guia, ficou mais claro o funcionamento de cada opção e qual encaixa melhor no seu perfil.

Ainda assim, seu conhecimento sobre o mercado financeiro sempre pode aumentar. Por isso, continue acessando o nosso blog e mantenha-se bem informado sobre o setor.