Como calcular juros de empréstimo pessoal: confira o passo a passo

Está pensando em solicitar um empréstimo mas não sabe qual a melhor opção para você, ou até mesmo como calcular o juros de empréstimo pessoal para saber se uma determinada proposta vale a pena? Existe um método para fazer esse cálculo que podem nortear a sua decisão e tornar ela mais assertiva.

Solicitar um empréstimo pessoal pode ser vantajoso em diversos momentos, entretanto é necessário que a pessoa esteja segura de que está fazendo um bom negócio.

Além disso, também é importante saber quais serão as taxas cobradas pela instituição que está concedendo o valor por empréstimo.

A seguir, na matéria que o Meu Portal Financeiro elaborou, você irá acompanhar todos os detalhes de como funciona o cálculo das taxas de juros do empréstimo pessoal, como escolher o melhor para você e quais são as opções mais atrativas do mercado.

Leia também: Empréstimo para negativado online: saiba como conseguir

Passo a passo de como calcular juros de empréstimo pessoal:

Primeiramente é fundamental entender que um empréstimo realizado por uma instituição financeira, banco e etc, engloba diversas taxas e encargos. Ou seja, o credor deverá ser beneficiado financeiramente por emprestar o dinheiro.

Entretanto, ao contrário do que muitas pessoas imaginam, de modo geral, a taxa de juros segue a mesma regra dos juros composto.

Nesse sentido, a taxa de juros sempre será calculada sobre o valor do empréstimo e também sobre os juros do mês anterior. Para exemplificar, imagine que: uma pessoa solicitou um empréstimo de R$ 10 mil, e deverá pagar 3% de juros sobre esse valor, portanto no primeiro mês essa pessoa deverá pagar a parcela sobre R$ 10.300 mil.

Layout

Aprenda a investir agora!

Conheça o nosso simulador de investimento e faça escolhas inteligentes.

Simular agora
Layout

Aprenda a investir agora!

Conheça o nosso simulador de investimento e faça escolhas inteligentes.

Já no mês seguinte os juros de 3% será cobrado sobre o valor de R$ 10.300 mil – que daria R$ 10.609 mil – e assim por diante.

A conta sempre deverá levar em consideração o valor de empréstimo + o valor de juros mensal (composto do mês anterior) e o prazo total das prestações. Assim é possível ter certeza do valor exato que o empréstimo está custando.

Confira ainda: Empréstimo consignado como funciona e como contratar

5 opções de empréstimos pessoais com taxas atrativas

Confira abaixo 5 opções de empréstimos pessoais em bancos reconhecidos no mercado que possuem taxas de juros atrativas.

Banco do Brasil

Um dos bancos que oferece uma taxa de juros vantajosa para seus clientes, é o Banco do Brasil. Para essa modalidade de empréstimo o banco dispõe de uma taxa de 2,84% ao mês e 39,91% ao ano.

Caixa Econômica Federal 

O empréstimo pessoal da Caixa Econômica também possui uma taxa de juros baixa, de 3,29% ao mês e 47,46% ao ano.

Itaú Unibanco 

O Itáu Unibanco possui diversas modalidades de empréstimos, especialmente para as pessoas que são correntistas do banco.  Em sua opção de empréstimo pessoal as porcentagem de juros são de 3,98 ao mês e 59,65 ao ano.

Banco Santander 

Outro banco que também pode ser uma boa opção para quem busca empréstimos com uma baixa taxa de juros, é o Banco Santander, nessa instituição a média de juros fica em torno de 4,13% ao mês e 62,43% ao ano.

Layout

Sonhando com a casa ideal?

Use nosso simulador para encontrar o melhor financiamento.

Simular agora
Layout

Sonhando com a casa ideal?

Use nosso simulador para encontrar o melhor financiamento.

Nubank 

Por fim, o Nubank também oferece uma das mais atrativas taxas de juros do mercado aos seus clientes, que é de 4,23% ao mês e 64,48% ao ano.

Importância de estar atento as taxas de juros

Entender como calcular a taxa de juros do empréstimo pessoal, pode fazer com que uma pessoa tome a melhor decisão e a mais vantajosa para o seu orçamento. Dessa forma, ela consegue analisar as diferentes possibilidades de pagamento, parcelas e até mesmo a rede, banco ou instituição financeira que possui a melhor proposta.

Você também pode gostar de ler: Empréstimo no cartão de crédito: como fazer?

Escolha a melhor opção para você

Como você deve ter notado a taxa de juros de banco para banco pode variar bastante e consequentemente impactar no valor das suas parcelas mensais.

Portanto, o primeiro ponto que você deve se atentar é as taxas de juros cobradas e o tempo oferecido para pagamento das parcelas.

Além disso, faça comparações por meio de simuladores online dos bancos que mais te chamaram a atenção.

Mesmo que o período mais longo para pagamento das parcelas impliquem na cobrança de juros, pense sempre no que cabe em seu orçamento mensal. Afinal, é melhor ter que pagar as parcelas por mais tempo, do que atrasá-las e arcar com um juros ainda mais elevado.

Vale destacar que, buscar instituições que você já possui um bom histórico financeiro também pode contribuir com a sua proposta de empréstimo. Pois, dessa forma, os juros devem ser menores, visto que o risco de inadimplência é pequeno.

Não deixe de conferir: Como fazer um empréstimo consignado: o passo a passo

Por fim, agora que você já sabe como calcular juros de empréstimo pessoal, confira outros conteúdos no blog do Meu Portal Financeiro em relação as melhores ofertas do mercado financeiro.

Programa Pé-de-Meia: Como funciona? Ativando cashback Nubank em minutos Open Finance: Vantagens e desafios Conheça os diferentes tipos de financiamento imobiliário Quanto rende 10 mil no Nubank hoje Como calcular quanto rende um milhão em renda fixa 9 Melhores filmes de finanças para assistir Dividendos Petrobras: o que saber Melhores opções de conta digital para criança Previsões para a inflação 2024