Taxa de administração consórcio: veja o que é

O consórcio é, hoje em dia, uma das formas mais baratas de conseguir um imóvel, veículo ou serviço. Isso porque ele é livre de um dos vilões quando se trata de crédito: os juros. Não significa, no entanto, que a empresa que faz o consórcio não é remunerada. Pelo contrário, o consórcio tem uma taxa de administração.

A taxa de administração é fixada no contrato do consórcio. Embora possa parecer com a taxa de juros, vamos ver neste texto que elas são muito diferentes. Essas diferenças fazem da taxa de administração muito menos propícia ao endividamento do que a de juros.

Quando se contrata um consórcio, a taxa de administração é algo para ficar de olho. Ela pode definir qual das administradoras de consórcio é melhor para você. Então, se você quer participar de um consórcio, continue lendo o artigo para saber mais!

Continua após a publicidade

Saiba mais: Conta digital para negativados: veja as melhores opções

O que é a taxa de administração de consórcio?

Como o próprio nome diz, a taxa de administração é o que se paga para a empresa que opera o consórcio. Isto é, o preço do serviço de administração do consórcio, o modo como a empresa lucra. Formar os grupos, garantir os sorteios, a forma de contemplação, entre outras atividades demandam dinheiro e bastante trabalho.

Essa taxa está inclusa no próprio contrato com o consórcio. Dessa forma, ela é fixa e previsível, pois todas as suas condições já estão pré-fixadas. Isso, como vamos ver, é uma grande vantagem.

Qual a diferença da taxa de administração para os juros?

Tal como um financiamento, o consórcio é uma forma de conseguir um bem sem ter em mãos o dinheiro para comprá-lo. O que existe é uma expectativa de que você continue recebendo e pagando as parcelas. Como pode perceber, isso envolve riscos – e os juros são sempre proporcionais aos riscos.

Em ambos os casos, você deixa um dinheiro com a empresa que está operando, mas no financiamento eles são juros e, no consórcio, é a taxa de administração. E é aí que entra a vantagem do consórcio: enquanto a taxa de administração é sempre a mesma, os juros são uma bola de neve. Cada mês a quantidade de juros aumenta e mais juros são cobrados em cima da dívida que cresce a todo mês.

Continua após a publicidade

Assim, a taxa de administração é mais segura e tem menos propensão a te afundar em dívidas. É claro que o formato do consórcio, seja por lances ou sorteio, envolve fatores que estão fora do seu alcance. Além disso, você não sabe exatamente quando vai ter o imóvel, veículo ou serviço. No financiamento isso é mais certo, porém em troca de um maior risco de acabar endividado.

O risco da taxa de administração é, basicamente, não ter consciência dela. Isto é, assinar o contrato e não se atentar a esse “detalhe”.

Uma outra questão a se pensar, é que os juros não são o único gasto quando se toma um empréstimo ou financiamento. É preciso levar em consideração o Custo Efetivo Total (CET), que inclui taxas relativas à administração desse crédito. Esse é outro fator que acaba encarecendo em relação ao consórcio.

Taxa de administração consórcio: o que vale mais a pena?

Quem opta pelo consórcio, em geral faz isso para escapar dos juros. Porém, ao descobrir a taxa de administração, algumas pessoas podem ter dúvidas. Como vimos acima, ela não é a mesma coisa que os juros, pois não vai fugir àquilo que está no contrato. Assim, é muito mais difícil perder o controle, embora em finanças seja sempre bom tomar cuidado.

Aproveite a oportunidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta BV gratuita!

O que pode definir qual a melhor opção para você ainda são as características próprias do consórcio e das outras formas de crédito. Pode ser que suas finanças sejam seguras o suficiente para assumir os juros de um financiamento com segurança. Pode ser, também, que compense esperar os sorteios para receber o imóvel ou veículo.

Continua após a publicidade

Sempre vai ser importante considerar todas as possibilidades. No caso de uma uma viagem, por exemplo, você poderia pegar um empréstimo ou pagar um consórcio. É preciso observar as diferentes alternativas de consórcio, mas também de empréstimo. Um consórcio que tenha maior chance de contemplação pode compensar mais, mesmo que as parcelas sejam maiores.

Por outro lado, embora juros sejam sempre juros, há diferentes modalidades de empréstimo. É possível pegar um consignado, ou fazer um empréstimo com garantia. Assim, tudo depende da sua situação particular e de suas necessidades.

Leia mais: Empréstimo no BMG: como pedir? Veja aqui!

Continue se informando

Saber a taxa de administração do seu consórcio é importante para não acabar com surpresas desagradáveis. Um consórcio, assim como um financiamento, pode ser uma ótima forma de conseguir comprar a casa própria, um veículo ou fazer uma viagem. Tudo isso depende de como você faz: tendo as informações certas, levando tudo em conta, são recursos fantástico. Aqui no Meu Portal Financeiro você consegue as informações que precisa para tomar essas decisões.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Empréstimo consignado online: veja como contratar!

Próximo

Conta digital Neon: as vantagens e como funciona

Posts Relacionados
Total
0
Share