Onde investir na crise? 4 dicas para não perder dinheiro

onde investir na crise

Os momentos de crise são desafiadores, mas também podem representar oportunidades. Se você tem uma reserva de dinheiro e não quer perder rentabilidade, vamos te ajudar com algumas dicas para saber onde investir na crise.

Com as taxas de juros baixas, investimentos mais tradicionais como a poupança têm dado prejuízo aos brasileiros. Com o cenário turbulento gerado pela pandemia de Covid-19, em 2020 o rendimento da poupança ficou mais de 2% abaixo da inflação.

Esse foi o pior resultado da caderneta nos últimos 18 anos. Isso significa que quem deixou recursos aplicados neste tipo de conta durante o ano de 2020 perdeu dinheiro. Quer entender o que fazer nesse tipo de situação? Nós te contamos!

Leia também: Como começar a investir em 10 etapas: saiba as principais dicas

O que fazer em momentos de crise

Se você tem o privilégio de poder poupar ou seguir com uma reserva de dinheiro durante o período de crise, deve aproveitar para investir e não perder rentabilidade. 

Continua após a publicidade

Em 2020, vivemos na prática um cenário econômico de crise mundial devido à pandemia de Covid-19. Quando tudo começou, fomos pegos de surpresa. Muitas pessoas tiveram que improvisar, a maioria passou por grandes processos de adaptação.

Depois dos primeiros meses começou a surgir a dúvida sobre o que fazer com o dinheiro e onde investir na crise. A dúvida é natural. Afinal, há décadas não tínhamos um cenário tão extremo de mudanças e expectativa de recessão no mundo inteiro.

Abaixo listamos 4 dicas que vão esclarecer os principais questionamentos e ajudar você a traçar um plano de investimento. Aproveite essas recomendações e adapte cada uma delas à sua realidade financeira para conseguir os melhores resultados.

Leia também: Como contratar cartão de crédito online? 5 dicas úteis

Encontre uma alternativa à poupança para investir na crise

Comentamos que a poupança teve rendimento abaixo da inflação nos últimos dois anos e este é um cenário que ainda não tem boas perspectivas de mudança. Sendo assim, o primeiro passo que você deve dar é encontrar uma alternativa para aplicar o seu dinheiro.

Muitas pessoas vêm falando sobre Bolsa de Valores e o investimento em ações cresceu exponencialmente no Brasil. Entretanto, esse não é o único caminho para investir na crise e conseguir manter o seu capital sem perdas.

A poupança é um produto de renda fixa que oferece segurança e resgate imediato. Porém, assim como ela existem outros investimentos deste tipo que possuem mais rentabilidade em tempos de crise.

Aproveite a oportunidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta BV gratuita!

Para quem está disposto a correr um pouco mais de risco, uma boa alternativa são os títulos do Tesouro Direto. Outra opção são os fundos de investimento que podem ser adquiridos através de grandes bancos ou por bancos de investimentos.

Avalie o seu contexto econômico e estude o mercado

Continua após a publicidade

No item anterior falamos sobre buscar uma alternativa à poupança para investir na crise e não perder dinheiro, mas como fazer isso? Um dos melhores caminhos possui duas vias principais: avaliar a sua realidade financeira atual e estudar o mercado.

O tema finanças pode parecer complexo ou pouco familiar, mas é preciso romper essa barreira e começar a aprender. É indispensável entender pelo menos o básico do mercado financeiro para conseguir investir de forma estratégica.

Para definir qual é o melhor investimento na crise, é preciso avaliar o seu contexto individual. Faça uma análise dos seus objetivos e trace o seu perfil de investidor. Tendo essas duas questões claras ficará mais fácil escolher entre as opções de investimentos disponíveis.

Leia também: Como funciona o PIX? Tire todas as suas dúvidas

Considere diversificar os investimentos com renda fixa e variável

Diversificar a carteira é o primeiro conselho dado por qualquer profissional especialista em investimentos. Seja em momento de crise ou não, essa é uma das principais estratégias utilizadas para evitar perder dinheiro. 

Se por um lado a renda fixa gera mais segurança, seus rendimentos são menores. Com a renda variável você tem a chance de conseguir um melhor resultado, mas assume um risco maior.

Sendo assim, a combinação destes dois tipos de investimentos costuma ser o ideal. O percentual de dinheiro aplicado em cada uma das rendas será definido de acordo com o seu perfil de investidor e os seus objetivos.

Continua após a publicidade

Não deixe de considerar aplicações que sejam para curto, médio e longo prazo. O mercado financeiro é dinâmico e as crises, assim como os momentos de alta, passam. Um bom investidor precisa se adaptar para não perder dinheiro em nenhuma das situações. 

Veja mais: Simulador de investimentos – qual aplicação vale a pena?

Tenha uma reserva de emergência antes de pensar em onde investir na crise

Ainda que você tenha a oportunidade de fazer bons investimentos na crise, não podemos ignorar que estamos falando de um cenário de incertezas. Por isso, sempre reserve uma parte das suas aplicações para uso emergencial.

A reserva de emergência deve ser feita em renda fixa que tenha liquidez diária. Ou seja, em aplicações que permitam retirar o dinheiro imediatamente quando for necessário. 

Nesse tipo de investimento você terá que abrir mão da rentabilidade, mas valerá a pena caso viva uma situação inesperada. Algumas das alternativas mais recomendadas são o CBD, conta corrente de bancos digitais, letras de crédito e fundos de renda fixa.

Esse texto ajudou você? Acompanhe outros conteúdos para impulsionar a sua vida financeira no blog do Meu Portal Financeiro.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Como economizar dinheiro

Como economizar dinheiro? 6 passos para organização financeira

Próximo
o que é BDR

O que é BDR? Entenda como funcionam essas ações

Posts Relacionados
Total
0
Share