Tag de pedágio vale a pena? Entenda como funciona!

tag pedagio

Pedágios fazem parte das contas de muitos brasileiros que trafegam pelas rodovias do país. A cobrança é legal e garante a passagem das pessoas por rodovias específicas. Quem consegue usar rotas alternativas, pode até pensar em evitar os pedágios. Mas para a grande maioria das pessoas, passar em um pedágio não é uma questão de escolha. Aliás, passar pelo pedágio pode não ser uma escolha, mas a maneira de passar sim. Motoristas que têm tag de pedágio no veículo entendem o que isso quer dizer.

Quem precisa passar por pedágios de vez em quando e não tem uma tag, deveria reconsiderar. O mesmo pode ser dito para as pessoas que escolhem fazer suas viagens pegando a estrada. Se você gostaria de conhecer mais sobre as vantagens e o funcionamento da tag de pedágio, continue lendo este artigo.

Aproveite a oportunidade

💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Tag de pedágio

Continua após a publicidade

O que chamamos de tag é, na prática, um chip. Esse chip é reconhecido por equipamentos que permitem a passagem do carro quando normalmente seria necessário parar.

Nem todo mundo está acostumado com a tal “tag de pedágio”. A tag, que na verdade também tem outros usos além do pedágio, pode trazer inúmeras vantagens para os motoristas. Entenda a seguir.

Posicionamento da tag

A tag costuma ser instalada por dentro do para-brisa do carro. Afinal, o vidro dianteiro é a melhor posição possível para o chip ser reconhecido pelos equipamentos de leitura. O chip pode ser instalado em vários formatos, mas normalmente envolve algum tipo de adesivo bem resistente.

O posicionamento adequado do adesivo é no meio da parte superior do para-brisas. Ou seja, ele deve ser colado perto do espelho retrovisor. Além disso, pode ser importante deixar uma pequena distância entre a tag e o teto.

Outra dica importante é não dobrar e nem amassar o adesivo, pois isso pode danificar o chip. Além disso, também é importante limpar muito bem o vidro antes de grudar o adesivo.

Como funciona

Como já mencionamos, o adesivo colado no para-brisa do carro tem um chip. Esse chip se comunica com as cancelas automáticas dos estabelecimentos via radiofrequência.

Mas, naturalmente, isso só acontece se o estabelecimento determinar que sua cancela é compatível com o sistema. Ou seja, nem toda cancela vai reconhecer e abrir para toda tag.

Usando a tag além do pedágio

Continua após a publicidade

A tag, como se sabe, pode ser usada em pedágios de rodovias do Brasil inteiro. Além disso, diversos tipos de estabelecimentos também aceitam o uso de tags nos seus estacionamentos. Alguns exemplos são:

  • Aeroportos;
  • Shoppings;
  • Hospitais;
  • Centros comerciais;
  • Universidades;
  • Clubes esportivos;
  • Prédios comerciais;
  • Estádios de futebol.

Assim, é possível perceber que as tags funcionam em praticamente qualquer estabelecimento que tenha um estacionamento pago. Mas não podemos esquecer que o local precisa fazer as instalações necessárias para poder aceitar as tags.

Outros pagamentos com tag

Continua após a publicidade

Pedágios e estacionamentos não são os únicos usos das tags. Algumas empresas como postos de combustível passaram a aproveitar a tag como forma de pagamento. Ou seja, motoristas conseguem fazer pagamentos referentes a combustível e até lava-rápido com a tag.

Outras empresas que também estão começando a aproveitar esse benefício são as redes de restaurante com drive-thru. Dessa forma, motoristas conseguem aproveitar suas tags para pagar até mesmo por comida.

Empresas de tag de pedágio

Continua após a publicidade

Se você está pensando em instalar uma tag no seu carro, precisa conhecer as opções, certo?

As principais empresas atuando no Brasil são:

  • C6 Taggy;
  • ConnectCar;
  • Move Mais;
  • Sem Parar;
  • Veloe;
  • Zul+.

Parceria com bancos

Normalmente, quando grandes empresas buscam parcerias, a ideia é oferecer algum diferencial para seus clientes. No caso das tags, que é o assunto deste artigo, a parceria foi da Veloe e do Banco BTG Pactual. Juntas, as empresas lançaram a tag BTG+ Go.

Veloe

A Veloe é uma das maiores empresas de tags de trânsito do país. Ela faz parte do grupo Alelo, o mesmo dos cartões Elo, das maquininhas Cielo e do programa de pontos Livelo. Ou seja, é uma empresa com forte ligação com o universo financeiro.

BTG+

A conta BTG+ é a conta digital do banco BTG Pactual, um dos bancos referências em investimentos no Brasil. Clientes BTG+ contam com um aplicativo excelente, onde é possível fazer um excelente controle financeiro. Isso sem falar nas vantagens oferecidas pelos diferentes tipos de cartão de crédito.

A BTG+ Go

Continua após a publicidade

💳 O cartão de crédito Banco PAN não tem anuidade e tem fácil aprovação.

Solicite o seu!

Clientes do BTG+ que assinarem o plano Premium ganham acesso ao adesivo BTG+ Go. De acordo com a Veloe, ele funciona em absolutamente todos os pedágios de rodovias e estradas do Brasil.

Vale lembrar que o plano Premium do BTG+ é gratuito por 90 dias. Depois disso, começam as cobranças de R$ 29,90 mensais. Além do tag BTG+ Go, o plano também oferece uma série de outros benefícios para os clientes. Confira:

  • Saques: saques gratuitos ilimitados na rede Banco24Horas;
  • Revista: assinatura gratuita da revista Exame Digital;
  • Simplypag: acesso a uma plataforma para lidar com a burocracia de funcionários domésticos;
  • Monitor de CPF : evite fraudes com o Plano Serasa Premium;
  • Investimentos: acesso ao Exame Invest Pro;
  • Limite+ : use o cheque especial por 10 dias sem juros todos os meses;
  • Tag veicular : a tag BTG+ Go que é aceita em 100% dos pedágios do Brasil.
Continua após a publicidade

Todos esses serviços fazem parte do plano Premium do BTG+.

Esperamos que você tenha gostado de entender um pouco mais sobre as tags veiculares. Se você conhece alguém que pode aproveitar as vantagens de ter uma tag, compartilhe este artigo!

E para mais informações sobre tecnologia e finanças, continue acompanhando o Meu Portal Financeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Comparador de investimentos

Comparador de investimentos: Aprenda a definir o melhor investimento

Próximo

Orçamento familiar: veja 8 dicas para se organizar!

Posts Relacionados