💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Margem Operacional

A margem operacional é uma métrica chave para medir a saúde geral da sua empresa. Também é chamado de retorno sobre vendas ou margem EBIT. Na maioria dos casos, esse valor é expresso em porcentagem.

O que deve contabilizar além das receitas?

Além da receita, as empresas devem contabilizar as despesas gerais. Isso inclui coisas como pagamento de serviços públicos, aluguel de escritórios corporativos, contratação de empreiteiros e conformidade regulatória.

Além disso, as empresas gastam dinheiro em pesquisa e desenvolvimento. Essas despesas são retiradas da receita. Ao comparar as margens operacionais de diferentes períodos de tempo, eles podem avaliar quão bem a empresa gerenciou seus custos.

No entanto, além do que foi citado acima, você deve contabilizar todas as despesas de negócios, incluindo despesas de câmbio, impostos de renda e redução ao valor recuperável.

Apenas as despesas mais importantes estão incluídas na margem operacional, portanto, você não deve depender apenas desse número para fazer investimentos. Você sempre pode comparar essa métrica com outras empresas para ver qual tem melhor desempenho que a outra.

O que afeta a margem operacional?

O fator que afeta a margem operacional é a depreciação e amortização do ativo imobilizado. Dessa forma, a margem operacional é a proporção das receitas disponíveis para pagar as despesas não operacionais. Esses números são então divididos pela receita total para calcular o lucro operacional.

O custo de fazer negócios varia muito entre os setores, dificultando a comparação das margens operacionais das empresas. Uma empresa pode ter uma margem operacional alta, enquanto outra empresa pode ter uma margem baixa.

O fluxo de caixa e o capital de giro são cruciais para a sobrevivência de uma empresa. Há muitas histórias de empresas aparentemente lucrativas falindo devido ao fluxo de caixa insuficiente. Se você deseja melhorar a saúde geral de sua empresa, deve buscar uma margem operacional mais alta.

Em que reflete a margem operacional?

A margem operacional de uma empresa reflete o quão bem ela gerencia seus custos. Na maioria dos casos, mede a lucratividade como porcentagem das vendas. No entanto, não inclui pagamentos de impostos, que podem ter um impacto significativo na rentabilidade.

Além disso, se uma empresa tem dívidas que excedem seu patrimônio, pode não conseguir acompanhar seus custos. É por isso que o índice deve ser usado em conjunto com outras métricas financeiras, como receita e margem de lucro, para avaliar o quão bem ela gerencia seus custos e maximiza a receita.

Cálculo

Para calcular a margem operacional, divida o lucro líquido pelas vendas líquidas. As vendas líquidas são as vendas totais menos os retornos.

Por exemplo, se você tiver US$ 1 milhão em vendas, mas apenas US$ 1,6 milhão em receita operacional, sua margem operacional será de 32%. Se você tiver uma margem operacional alta, poderá gastar mais em custos não operacionais.

Esse percentual é especialmente importante para investidores e credores, pois se correlaciona diretamente com o risco associado a um negócio.

Termos relacionados

Depreciação

Para determinar o custo dos ativos, você deve primeiro calcular sua depreciação. Existem dois métodos de depreciação. Um é chamado de método de saldo decrescente

Ler mais

Letra de Câmbio

A Letra de Câmbio é uma ordem de pagamento por escrito. O beneficiário e o sacador são uma e a mesma entidade. O sacador então

Ler mais

Rendimento Líquido

A definição de lucro líquido é o superavit das receitas sobre as despesas. É uma forma de ver a eficiência do seu negócio, bem como

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter