💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

IGP-DI

O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) é um indicador macroeconômico.

Representa a progressão dos preços. Funciona como um deflator de valor nominal e abrange o consumo intermediário e a receita tributária nas contas nacionais. Além disso, é usado como referência para os preços dos contratos.

É uma combinação do índice geral de preços de mercado, o IGP-M, e o IPC.

O que o IGP-DI mede?

O IGP-DI mede variações nos preços de vários bens e serviços dentro de um mês.

Sua contraparte da FGV, o IGP-10, acompanha as variações de preços dos bens industriais e dos consumidores finais.

O IGP-DI é calculado pela Fundação Getúlio Vargas e mede os preços de uma variedade de produtos.

O índice é atualizado a cada três dias. Isso torna uma ferramenta eficaz para avaliar a economia.

IGP-DI tem relação com IGP-M?

O IGP-DI e IGP-M são dois índices que medem variações no preço de várias mercadorias. O IPA representa 60% do IGP, enquanto o INCC mede 30% dele.

O IGP-M é usado para medir as alterações no preço de diferentes produtos. Suas diferenças são semelhantes às do IGP-DI.

A diferença entre os dois índices está no método de cálculo.

O IGP-DI é a métrica preferida, pois reflete as mudanças no preço das matérias-primas, enquanto esta última altera as mudanças nos preços dos bens intermediários.

O IGP-M é uma alternativa, o que não é tão confiável quanto o primeiro. Em qualquer caso, o IGP-DI é mais relevante para analistas financeiros.

Termos relacionados

Reserva de Emergência

Economizar não é um hábito nem uma tarefa fácil para os brasileiros. De acordo com a CNI, apenas 32% dos brasileiros economizou dinheiro durante o

Ler mais

Brent

A saúde econômica dos países europeus é um fator chave na determinação do preço do barril. Quando a economia está forte, o preço do barril

Ler mais

Risco de Mercado

O risco de mercado é um termo que se refere ao risco de perdas em suas posições. Os riscos são atribuídos aos preços e volatilidade

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter