💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Gestão de Ativos

A gestão de ativos é o processo de manter o inventário de todos os ativos de uma organização.

Tradicionalmente, os departamentos de TI controlavam o inventário de hardware em seu domínio. Agora, as práticas de gerenciamento de ativos vão muito além do hardware aprovado pela TI.

O software baseado em assinatura é cada vez mais usado nas organizações e apresenta novos desafios para o gerenciamento de ativos. Os funcionários esperam personalizar as ferramentas por meio de marketplaces e lojas de aplicativos.

As práticas de gestão de ativos devem mudar para acompanhar as demandas das equipes modernas.

Princípios da gestão de ativos

Compreender os fundamentos da gestão de ativos é essencial para a operação de uma organização. O gerenciamento de ativos multifuncionais pode ser difícil porque diferentes unidades de negócios podem querer usá-los para diferentes propósitos.

Os ativos geralmente são emprestados de diferentes unidades de negócios, causando interrupções nos negócios.

Em última análise, é vital proteger esses ativos certificando-se de que as pessoas apropriadas tenham acesso a eles e que ninguém esteja autorizado a usá-los.

Felizmente, existem soluções de software disponíveis para gerenciamento de ativos.

Como proprietário de uma empresa, definir objetivos SMART para gerenciamento de ativos é essencial para atingir as metas.

Objetivos SMART são aqueles que são específicos, mensuráveis, alcançáveis ​​e com prazo determinado. Os gerentes de ativos devem criar uma estratégia para atingir esses objetivos. Além de definir os objetivos, é vital criar um plano que identifique os riscos e tome decisões acionáveis ​​contra esses riscos.

Se o plano for implementado corretamente, o negócio deverá se beneficiar de maiores retornos financeiros e menores riscos e custos.

Gestor de ativos profissional

Há uma série de benefícios em trabalhar com um gestor de ativos profissional. Além de maximizar os retornos, os gestores de ativos também têm a responsabilidade fiduciária de agir no melhor interesse de seus clientes.

Para gerenciar os ativos de maneira fiduciária, os gestores de ativos devem buscar maximizar o valor e minimizar os riscos. Para começar, os gestores de ativos precisam determinar a tolerância ao risco de seus clientes.

Muitos administradores de fundos de pensão e aposentados tendem a ser avessos ao risco, enquanto os investidores mais aventureiros podem estar dispostos a assumir riscos maiores.

Em última análise, existem muitas opções para gerenciamento de ativos.

Como em qualquer setor, o setor de gerenciamento de ativos enfrenta vários desafios. A expectativa é que os próximos anos sejam ainda mais difíceis.

Como resultado, é importante que os gestores de ativos questionem constantemente o status quo, a estrutura de custos e as estratégias de crescimento que estão sendo usadas atualmente por seus concorrentes.

Também é vital saber o que torna um gestor de ativos bem-sucedido. E, via de regra, a experiência importa.

Termos relacionados

WACC

Simplificando, o WACC é a taxa que uma empresa paga a todos os detentores de títulos em uma base comum. É definido pelo mercado externo,

Ler mais

Rentabilidade

A taxa de retorno refere-se ao lucro que um investidor obtém em seu investimento. Inclui mudanças no valor do investimento, bem como fluxos de caixa,

Ler mais

High Yield

Para ter sucesso no setor de high yields (títulos de alto rendimento), você precisa entender as características dos títulos. Neste artigo, você aprenderá mais sobre

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter