💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Free-float

Free-float (flutuação livre) representa a quantidade de tempo em um cronograma que não está sujeito a risco.

Embora tenha impacto em outras atividades do projeto, aplica-se apenas a atividades que não estão no caminho crítico. Por exemplo, se a atividade 1.4 estiver programada para levar seis dias para ser concluída, a flutuação livre poderá ser de até três dias. No entanto, se a atividade atrasar cinco dias, o free-float será negativo.

Nesse caso, o projeto levará dois dias a mais para ser concluído.

Free-float no mercado de ações

Um método de flutuação livre é amplamente utilizado no mercado de ações porque tende a refletir as tendências do mercado com mais precisão do que outras metodologias.

Ao utilizar apenas ações que estão disponíveis para negociação, a metodologia free float tende a refletir com mais precisão as tendências amplas do mercado e minimiza a concentração das principais empresas.

Vários índices importantes usam o free-float como método de cálculo. O S&P 500 Index é um dos muitos, e é usado no MSCI World Index e no Financial Times Stock Exchange Group (FTSE) 100 Index.

Ações com baixo free float também podem ser boas compras. Se uma empresa pode atrair investidores suficientes, ela pode crescer rapidamente.

Se uma empresa tem alto free-float, os promotores têm menos influência e outros acionistas têm mais poder para exercer seus direitos. No entanto, ações com baixo free float não são baratas.

Você pode ter que comprar uma ação de baixa flutuação porque os promotores podem manipular o preço das ações. Mas não se deixe enganar, há muitas ações de baixa flutuação nas quais você ainda pode investir.

Ao investir em empresas com baixo free float, o número de ações em circulação é importante. Esse número informa o quanto os acionistas ordinários têm em uma empresa.

Por exemplo, uma empresa com 500 milhões de ações tem um free float de apenas 200 milhões, o que significa que a maior parte das ações pertence a insiders. No entanto, também fornece uma indicação de quão volátil o estoque pode ser.

Quanto maior o free float, melhor, e esse é um fator fundamental para investir em uma empresa com baixo free float.

Volatilidade de ações

O número de ações em circulação livre de uma empresa também afeta a volatilidade de suas ações. Se o free-float de uma empresa for maior, o número de traders que compram e vendem tem mais potencial para mover o preço significativamente.

Por outro lado, uma empresa com um pequeno free-float terá preços mais voláteis porque o volume de negociação é baixo.

Como resultado, os traders preferem negociar ações que tenham um free-float mais alto.

Termos relacionados

LCA

As letras do agronegócio (LCAs) referem-se a aplicações de renda fixa oferecidas por corretoras de investimentos e bancos como LCAs. As pessoas físicas estão isentas

Ler mais

FOF

Este método de investimento, também conhecido por Founds Of Founds, ou FOF, em inglês, e é muito popular entre os investidores. Esse modelo permite que

Ler mais

BOOM

Na economia, o termo “boom” indica um crescimento rápido de uma atividade econômica. É caracterizado por lucros crescentes, progresso econômico, investimentos e aumento da lucratividade.

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter