💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Câmbio flutuante

Cada país tem seu próprio método de equilibrar sua taxa de câmbio com moedas estrangeiras. Um desses métodos se baseia no câmbio flutuante.

O câmbio flutuante não é capaz de corrigir o desequilíbrio de um país pela desvalorização de sua moeda ou reavaliação, mas se ajusta naturalmente à medida que se move pelos mercados.

O mercado deveria ser capaz de corrigir tanto o déficit quanto o superávit público, em teoria.

Um exemplo disso é quando um país tem déficit no comércio, ou seja, exporta mais do que importa. Como resultado, haverá menos demanda pela moeda nacional e seu valor diminuirá.

Isso tem como consequência que as importações devem ser mais caras e as exportações menos competitivas para corrigir o déficit comercial.

Demanda por moeda

Se a demanda por moeda for baixa, o valor da moeda cairá. Isso pode tornar os produtos importados mais caros e aumentar a demanda doméstica. Isso pode levar, por exemplo, a mais criação de empregos.

A taxa de câmbio flutuante também é chamada de “autocorreção”, porque as flutuações do mercado podem ser corrigidas por diferenças na oferta ou na demanda.

Então, temos que a taxa de câmbio resulta da oferta e da necessidade. Apesar disso, o Banco Central pode intervir em momentos de extrema volatilidade comprando ou vendendo dólares para estabilizar e atingir metas econômicas.

Essa prática é legal e não é proibida, apesar de ser considerada “suja”. O termo “sujo” é usado para se referir a um método de manipulação da taxa de câmbio, o que não ocorre naturalmente.

Câmbio flutuante em outros países

O regime de câmbio flutuante é o mais popular em países economicamente desenvolvidos. Isso inclui os EUA, Canadá, membros da União Europeia e Austrália.

É raro encontrar um regime flutuante “puro”. Todos os governos têm algum grau ou outro de intervenção do Banco Central na taxa de câmbio.

Mesmo a China, que sempre manteve um sistema de câmbio fixo, está mudando lentamente para o modelo flutuante. No entanto, o forte controle estatal significa que sua moeda permanecerá artificialmente desvalorizada em relação ao dólar.

Apenas alguns países da Ásia Central, África e Oriente Médio mantêm uma taxa de câmbio fixa.

Termos relacionados

Long

Uma posição longa (long) é uma quantidade positiva de um instrumento. Um detentor de uma posição longa está antecipando que o valor do instrumento financeiro

Ler mais

CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pode ser usada para se referir a uma variedade de maneiras pelas quais você pode investir seu dinheiro. Se

Ler mais

Hot Money

Hot money é dinheiro especulativo, fundos líquidos de investidores que têm pouca tolerância a retornos baixos. Esses fluxos são frequentemente usados ​​pelos bancos para manipular

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter