💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

Agências de risco

As agências de risco são um componente crítico do mercado de crédito. Seu trabalho é fornecer às empresas uma avaliação justa e precisa de seu risco financeiro e desempenho. Eles usam sua experiência para ajudar os investidores a selecionar os investimentos que mais os beneficiarão. Essas agências são frequentemente chamadas de consultores de crédito, pois são os intermediários entre emissores e investidores.

Qual a importância das agências de risco?

Uma classificação é importante para os investidores porque ajuda a determinar o valor de um título. Uma classificação de crédito mais alta se traduz em um preço mais alto para os investidores e um preço mais alto para a empresa.

Além disso, pode ajudar os investidores a tomar melhores decisões sobre investir ou não em um determinado título. Nos EUA, cerca de 54% da população mantém seu dinheiro em companhias de seguros. Além disso, a utilização de uma agência de rating sinaliza um produto de qualidade para o mercado.

Para que as agências de risco são usadas?

Em geral, as classificações de crédito são usadas pelos governos para obter financiamento. Esses títulos são vendidos pelas instituições de Bretton Woods, incluindo o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional. As classificações de crédito ao consumidor determinam o prêmio de risco dos empréstimos, e as pontuações de crédito ruins se traduzem em taxas de juros mais altas.

Por outro lado, uma boa pontuação de crédito permite que os mutuários tomem dinheiro emprestado a taxas de juros mais baixas. Na verdade, o mundo não entra em default há uma década, então o uso de uma classificação de crédito é crucial para a saúde financeira de um país.

Como funciona a Classificação de crédito?

A confiabilidade das classificações de crédito é um fator-chave no investimento. As melhores classificações de crédito são independentes e imparciais. Isso significa que uma classificação de crédito é importante para o investidor. A agência deve ter uma grande reputação para atrair novos clientes.

Sua reputação depende da classificação de crédito. No entanto, uma alta classificação de crédito é importante para um negócio. Uma classificação baixa pode dificultar a obtenção de capital. Será difícil para uma empresa levantar capital.

A indústria de classificação de crédito é regulamentada pela SEC. Este é um setor regulamentado, portanto, as agências devem seguir as regras do mercado. É uma boa ideia seguir as regras da SEC, que podem evitar fraudes e outras más práticas.

Embora seja difícil ser completamente imparcial, as agências de classificação de risco são responsáveis ​​por garantir a credibilidade das informações que fornecem. Isso pode ser feito por meio de sua própria pesquisa e análise de títulos.

Riscos das agências

Muitos investidores confiam nas agências de classificação para decisões de investimento, mas existem alguns riscos importantes a serem observados. Um dos maiores é o excesso de confiança das agências de classificação.

A dependência excessiva de uma única agência pode impactar negativamente todo o mercado. Isso requer monitoramento externo para evitar o uso indevido de um emissor.

Além da necessidade de monitoramento externo, as agências de rating também recebem taxas compulsórias dos investidores do mercado. Esse método garante um fluxo constante de clientes, permitindo que as agências reduzam seus custos e mantenham um alto nível de qualidade de serviço.

Termos relacionados

Marcação a Mercado

Historicamente, a marcação a mercado tem sido criticada por falta de transparência e uma versão excessivamente simplificada do preço de mercado atual tem sido usada.

Ler mais

Keltners Channel

O Keltners Channel é um bom indicador para identificar tendências de mercado. A linha do canal externo mostra a força de uma tendência. A linha

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter