💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

EBITDA

EBITDA significa lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. Essas medidas financeiras são um bom indicador da lucratividade de um negócio.

Esse número reflete o lucro de uma empresa antes da dívida, pagamentos obrigatórios do estado e outros custos que a empresa incorre ao sustentar sua base de ativos.

Para calcular o EBITDA da sua empresa, você precisará saber o que significam os termos.

Neste artigo, você aprenderá o que eles significam e como são calculados.

O que é o EBITDA?

O EBITDA é uma medida de lucratividade que pode ser determinada a partir das demonstrações financeiras de uma empresa.

Inclui lucro líquido, lucro antes de juros e impostos, bem como despesas de arrendamento e obrigações para com os governos. No entanto, este valor exclui itens que não estão relacionados ao negócio operacional principal, como depreciação de ativos e amortização de ágio.

Esses custos são normalmente incluídos no lucro bruto e refletidos na margem operacional.

Como o EBITDA é calculado?

O EBITDA de uma empresa pode ser calculado com uma variedade de métodos, mas o mais comum é através do uso da demonstração de resultados de uma empresa.

A principal vantagem do uso do EBITDA é que ele elimina distorções em suas demonstrações financeiras.

Embora o EBITDA não leve em conta esses custos, é uma métrica útil para avaliar a lucratividade de uma empresa.

A maior desvantagem de usar o EBITDA como medida de lucratividade é que ele pode ofuscar os riscos subjacentes.

Ao contrário da receita, o EBITDA fornece uma imagem mais clara do desempenho de uma empresa.

Embora seja uma medida mais direta de lucratividade, ele não inclui o dinheiro necessário para substituir equipamentos desatualizados ou financiar capital de giro. Também não leva em conta os custos associados ao desenvolvimento, fabricação e venda de produtos.

O EBITDA exclui muitas despesas potenciais, incluindo os custos de capital de giro, equipamentos e imóveis.

Por exemplo, uma empresa pode ter um produto que vende com lucro, mas deve comprar estoque para preencher seus canais de vendas.

Uma empresa de software precisa contabilizar os custos de criação e manutenção de software.

Esses custos podem rapidamente somar um valor maior do que a receita gerada pelo produto. Além disso, o EBITDA não contabiliza amortização ou depreciação.

Apesar dos muitos benefícios do EBITDA, essa métrica ainda está sujeita a diversas falhas. Em primeiro lugar, não é uma medida de rentabilidade real.

Em vez disso, é uma medida da qualidade dos lucros que uma empresa gera. Não é considerada uma boa métrica de forma alguma e não é comumente usada pelos investidores.

Em última análise, o EBITDA não reflete a verdadeira lucratividade de um negócio.

Termos relacionados

Indexação

A indexação é um processo que permite aos investidores armazenar as informações de muitas ações diferentes em um único portfólio. Isso permite que o investidor

Ler mais

Mercado Futuro

O mercado futuro é uma excelente ferramenta para uma carteira de investimentos diversificada. É também uma ótima maneira de se proteger contra a inflação e

Ler mais

Capex

Existem vários tipos diferentes de despesas de capital (CAPEX). Alguns deles são essenciais para o crescimento ou uma nova linha de negócios, e alguns podem

Ler mais
João Santos

João Santos

Produtor de conteúdo especialista em finanças e investimentos, com uma bagagem de 10 anos atuando em PMEs.

Newsletter